Como Tunar – Níveis de preparação


Antes de começarmos a mexer num carro é preciso saber onde se quer chegar, esta decisão é fundamental para que não seja desperdiçados tempo e dinheiro. Abaixo temos algumas dicas divididas em cinco passos para serem seguidas com o objetivo de ajudar e orientar no processo de transformação do carro:

Passo 1:

Estas modificações já são suficientes para deixar o carro com um ar diferente e bem cuidado tanto por dentro como por fora. Muitas pessoas já se dão por satisfeitas com estas modificações, por isso é comum vermos carros com este nível de preparação nas ruas.

Interior – manoplas de cambio e freio, pedaleiras
Exterior – Ponteiras, películas escuras nos vidros, molas esportivas
Sistema sonoro – Cd player, kit duas vias na frente, triaxiais atrás
Performance – Silenciador esportivo, filtro de ar esportivos

Passo 2:

Estas modificações ainda são consideradas como populares, tendo como maior objetivo completar o que foi feito no primeiro passo.

Interior – Volante esportivo, soleiras de portas
Exterior – Spoilers laterais, dianteiros e traseiros, rodas maiores
Sistema sonoro – Módulo 4 canais
Performance – Trocar escapamento por maior polegada, amortecedores endurecidos

Passo 3:

Neste terceiro passo estaremos entrando em um nível de preparação diferente em que tanto o impacto visual como os números de potência do carro serão severamente modificados

Interno – Pintura de acabamentos de painéis e maçanetas
Externo – Pára-choques dianteiros e traseiros de fibra
Sistema sonoro – Instalação de subwoofer
Performance – Instalação de kit turbo básico

Passo 4:

No quarto passo não existirá mudança radical, será mais um upgrade encima do terceiro passo para que possamos mais a diante fazer outras modificações sem se preocupar com o que já foi feito.

Interior – Instalação de manômetros e termômetros do motor
Exterior – Alisamento dos logos do fabricante do carro
Sistema sonoro – Bateria de maior amperagem
Performance – Kit para álcool, controlador de bicos e ponto por pressão

Passo 5:

Neste passo o carro já poderá ser considerado um extreme tuning, onde não passará despercebido em nenhum lugar e que não deixará a desejar em nada.

Interior – Bancos esportivos, tapetes de alumínio, leds nas pedaleiras
Exterior – Lanternas cristais, capô personalizado, neon, aerofólio
Sistema sonoro – Leitor de DVD com tela
Performance – Booster para turbo, intercooler

Escolhemos estes passos a serem seguidos devido aos níveis de preparações mais utilizados no Brasil e aos níveis de investimentos por tipo de preparação. Notem que desde o primeiro passo tivemos em mente um carro extreme tuning, em que em nenhum momento foi necessário vender e comprar outros equipamentos de som ou de performance, no tuning externo só não aproveitamos os spoilers dianteiro e traseiro que foram substituídos por pára-choques de fibra, preferimos assim devido ao baixo custo dos spoilers, o que não justificaria deixar o carro pelado até chegar no passo em que seria instalados os pára-choques de fibra.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *